TIME-OUT

Os Escolhidos

Publicado em: 19/05/2019 00:00

Por: Patricia.lima

 

Inerente às competições esportivas está o reconhecimento para o destaque do ano em diversas categorias. Portanto, no ano de 1988, a Federação Internacional de Handebol promove a primeira edição do prêmio de Jogador de Handebol do Ano e, no ano de 2009, para o Técnico do Ano.

 

Segundo alguns registros, vários atletas foram eleitos como os melhores do ano, em votações não-oficiais, como o romeno bicampeão mundial ?tefan Birtalan nos anos de 1974, 1976 e 1977.

 

Entretanto, foi o iugoslavo Veselin Vujovic, o primeiro agraciado oficialmente com o título de melhor do ano da história. Vujovic foi campeão olímpico nos Jogos de Verão de Los Angeles, em 1984, bronze em Seul 1988 e campeão mundial em 1986, na Suíça. Atualmente, é o técnico da Seleção Masculina da Eslovênia que alcançou o bronze no Mundial de 2017, na França.

 

Em 1989 e 1990, o sul-coreano Jae-Won Kang e o sueco Magnus Wislander, receberam as honrarias respectivamente. De 1991 a 1993, não houve premiação para o melhor do ano, porém em 1992, a Internacional elege o romeno bicampeão mundial, Gheorghe Gruia como o Melhor Jogador de Handebol de Todos os Tempos.

 

Talant Dujshebaev, da Rússia, foi o Jogador do Ano de 1994 e 1996. Na sequência de 1995 a 1999, encerrando o século, foram os franceses Jackson Richardson [1995] e Stéphane Stoecklin [1997], Daniel Stephan da Alemanha, em 1998 e, Rafael Guijosa da Espanha, 1999 que alcançaram o feito.

 

Em 2000, uma votação da IHF elegeu o sueco Magnus Wislander como o Jogador do Século XX. A lista dos eleitos do século XXI começa com Dragan Skrbic, também da antiga Iugoslávia.

 

No ano de 2010 o croata Ivano Balic, duas vezes o Jogador do Ano [2003 e 2006], foi eleito com 48,7% dos votos como o Melhor Jogador de Handebol de Todos os Tempos, seguido pelo francês Karabatic e o russo Dujshebaev. Thierry Omeyer, goleiro francês [2008] foi escolhido como o Melhor Goleiro de Todos os Tempos, com 93% dos votos superando o russo Andrej Lawrow, 2.98% e o alemão Andreas Thiel e o sueco Mats Olsson, ambos com 1.74%. O sul-coreano Kyung-Shin Yoon alcançou o título em 2001, seguido por Bertrand Gille, da França, Henning Fritz, Alemanha e Arpad Sterbik, Sérvia, em 2002, 2003, 2004 e 2005.

 

Nos últimos vinte anos, o francês Nikola Karabatic e o dinamarquês Mikkel Hansen, atual MVP da Final Four do Mundial Masculino de 2019, levaram três vezes o título Karabatic  em 2007, 2014, 2016 e Hansen em 2011, 2015, 2018. Outros dois franceses integram a lista, o goleiro Thierry Omeyer em 2008 e Daniel Narcisse em 2012. Nas edições de 2009, 2010 e 2013, o polonês Slawomir Szmal, Filip Jicha, do Cazaquistão e o croata Domagoj Duvnjak foram os nomeados, em ordem.

 

Na categoria Técnico do Ano, no masculino, o francês Claude Onesta, foi o primeiro a receber o prêmio, em 2009 e 2010. 2011 foi a vez de Ulrik Wilbek da Dinamarca e, em 2012, a do espanhol Valero Rivera, de serem reconhecidos. Nas últimas três edições, 2014, 2015 e 2015, foram o sueco Ljubomir Vranjes, o islandês Dagur Sigurdsson e o francês Didier Dinart, que foram agraciados com o título. Não houve votação no ano de 2013.

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Outros Posts



TIME-OUT

ODEPA

16/06/2019 00:00

712


TIME-OUT

ODESUR

09/06/2019 00:00

591


TIME-OUT

O Último Homem

02/06/2019 00:00

867


TIME-OUT

1958 - 2019

26/05/2019 00:00

746



TIME-OUT

O Sexo Forte

05/05/2019 00:00

1265


TIME-OUT

IX. O Livro

28/04/2019 00:00

1243


TIME-OUT

As 12 Duplas

19/04/2019 00:00

2104


Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A