TIME-OUT

ODESUR

Publicado em: 09/06/2019 00:00

Por: Patricia.lima

 

No início do ano de 1976, o Comitê Olímpico Argentino iniciou um processo de criação de uma entidade que mundialmente representasse a América do Sul. Entretanto, apenas em março do mesmo ano que o projeto teve continuidade quando José Gamarra Zorrilla, então presidente do Comitê Boliviano, assumiu a tarefa de difusão do ideal olímpico e, em 26 de março de 1976, a Organização Desportiva Sul-Americana, ODESUR - Organización Deportiva Suramericana - foi fundada em La Paz, na Bolívia. Acima da Sul-Americana, tem a Organização Desportiva Pan-Americana que é filiada ao Comitê Olímpico Internacional e é a responsável pelos Jogos Pan-Americanos. Os Jogos Sul-Americanos qualifica os melhores colocados de algumas modalidades como o handebol e o hóquei sobre a grama, para os Jogos Pan-Americanos, que são as classificatórias para os Jogos Olímpicos de Verão.

 

A Organização tem por objetivos a realização dos Jogos Sul-Americanos dois anos após os Jogos Olímpicos de Verão e em conformidade com os Regulamentos da mesma; estabelecer relações entre as Organizações Regionais Americanas reconhecidas pelo Comitê Internacional e; difundir, de acordo com a Carta Olímpica, os princípios e ideais do Movimento Olímpico.

 

La Paz sediou os primeiros Jogos Sul-Americanos em 1978 tendo a participação de oito países associados, 480 atletas e 16 modalidades esportivas. Nos seis primeiros Jogos, era realizado nos meses ao final do ano, e nas três últimas edições, o Sul-Americano aconteceu no primeiro semestre do ano. Em 2018, os Jogos completaram quarenta anos e a cidade de Cochabamba foi palco para a 11ª edição que teve quatorze nações participantes, 4027 atletas e 35 esportes. O quadro de medalhas geral é o acumulativo dos resultado das nações nas edições e suas classificações nos Jogos. A Argentina lidera com 2368 medalhas no total, sendo 887 ouros, 758 pratas e 723 bronzes, seguido pelo Brasil com 1887 e pela Venezuela com 1503.

 

O handebol passou a integrar o quadro de modalidades dos Jogos apenas em 2002 quando a competição foi disputada no Brasil e São Bernardo do Campo, São Paulo, foi o ginásio-sede do esporte. O jogo da final masculina entre Argentina e Brasil, sagrou os argentinos como os primeiros campeões Sul-Americanos de handebol e, na recente edição em Cochabamba, a final se repetiu, porém, foram os brasileiros que saíram vencedores. Até 2018, apenas o Brasil e a Argentina detêm títulos no Torneio, sendo tricampeão e bicampeã, respectivamente, Uruguai e Chile completam a lista. Bem como no masculino, a primeira e última finais tiveram o protagonismo de Brasil e Argentina, porém as brasileiras superaram as argentinas em ambas as partidas. No quadro de medalhas, assim como no masculino, somente as seleções femininas do Brasil e da Argentina conquistaram o ouro, três e dois, respectivamente, seguidas pelo Paraguai, Chile e Uruguai.

 

José Gamarra Zorrilla foi o primeiro a presidir a Organização entre 1976 e 1982, sucedido pelo Cnl. Antonio Rodríguez [Uruguai], Juan Carlos Esguep [Chile], Raúl Gamboa [Peru], Sabino Hernández [Equador], Cnl. Antonio Rodríguez [Uruguai], Carlos Arthur Nuzman [Brasil]. Desde 2017, é o paraguaio Camilo Pérez López Moreira o presidente da ODESUR. Atualmente, a Organização promove, além dos Jogos Sul-Americanos, os Jogos de Praia desde 2009 e da Juventude, desde 2013, e são 14 os países membros, Argentina, Aruba, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Outros Posts



TIME-OUT

ODEPA

16/06/2019 00:00

712


TIME-OUT

O Último Homem

02/06/2019 00:00

867


TIME-OUT

1958 - 2019

26/05/2019 00:00

746


TIME-OUT

Os Escolhidos

19/05/2019 00:00

1479



TIME-OUT

O Sexo Forte

05/05/2019 00:00

1265


TIME-OUT

IX. O Livro

28/04/2019 00:00

1243


TIME-OUT

As 12 Duplas

19/04/2019 00:00

2104


Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A