Indoor

Jorge Dueñas convoca seleção para o mundial 2019

Publicado em: 09/11/2019 00:00

Por: Imprensa

 

[Da Redação] O técnico Jorge Dueñas convocou a Seleção Olímpica feminina visando o mundial de Kumamoto (Japão), que acontecerá de 30 de novembro a 15 de dezembro. Porém antes do mundial a seleção passará por um período de aclimatação em Ota (base do COB), como também participará de um torneio que servirá de evento teste para as Olimpíadas de Tokyo 2020. O torneio terá a participação das seleções do Japão, França e Eslovênia.

O técnico convocou 18 atletas para a preparação, e a grata surpresa fica por conta do retorno da Alexandra Nascimento, que estará compondo o grupo que viaja e permanece no Japão durante a preparação e a competição. As convocadas são:

Goleiras: Bárbara Arenhart (Vaci Noi Kezilabda/HUN), Gabriela Moreschi (Fleury Loiret/FRA) e Renata Arruda (Bera Bera/ESP);

Pontas: Adriana de Castro (Bera Bera/ESP), Ana Cláudia Bolzan (Esporte Clube Pinheiros/BRA), Alexandra Nascimento (Érd HC/HUN), Larissa Araújo (CSU Cluj Napoca/ROM) e Mariana Costa (CS Gloria Bistrit Nasaud/ROM);

Centrais: Ana Paula Belo (Rostov/RUS), Bruna de Paula (Fleury Loiret/FRA) e Patrícia Machado (MKS Zaglebie Lubin/POL);

Armadoras: Deonise Fachinello (Bourg de Péage/FRA), Eduarda Amorim (Gyori Audi Eto KC/HUN), Jaqueline Anastácio (Magura Cisnadie/ROM) e Samara Vieira (SCM Ramnicu Valcea/ROM);

Pivôs: Elaine Gomes (CSM Corona Brasov/ROM), Isaura Menin (Rincón Fertilidad Malaga/ESP) e Tamires Araújo (HC Dunãrea Brãila/ROM).

Comissão Técnica: Jorge Duenas (Técnico), Juan Carlos Solar (Auxiliar Técnico), Cristiano Rocha (Auxiliar Técnico), Álvaro Casagrande (Supervisor), Jéssica Rocha (Fisioterapeuta) e Pauline Bittencourt (Médica)

 

O técnico Jorge Dueñas nos falou a respeito da convocação, do evento teste e da expectativa para o mundial:

Convocação: ‘Mantivemos a base das últimas convocações e competições. O retorno da Alexandra foi natural. Ela esteve na convocação de março, mas não pode ser convocada para o Pan Americano por teve uma contusão. Este ano ela começou muito bem a temporada na sua equipe. Penso que é uma atleta muito importante por sua qualidade e experiência e por ser uma jogadora de nível mundial”.

Evento teste: “Por ser um evento prévio ao campeonato do mundo, é um evento importante, pois vamos jogar contra três seleções de muito nível. O primeiro jogo contra a França será um jogo difícil pois teremos pouco tempo para a aclimatação, mas será um jogo importante já que jogaremos contra elas no mundial. Então será um jogo muito importante para avaliar. Depois teremos dois jogos contra Japão e Eslovênia que poderemos ter um bom teste para vermos em que nível estamos e podermos chegar bem no mundial, preparando a segunda semana de treinamentos em Tokyo”.

Expectativa do mundial: “Estamos em um grupo de quatro seleções de muito nível. Vamos jogar com a França que é a atual campeã europeia, que tem um nível altíssimo e é uma equipe muito difícil. Temos ainda seleções como a Alemanha, a Korea e Dinamarca, equipes com muito nível e uma equipe com um nível mais baixo que é a Austrália, mas penso que todos os jogos serão muito equilibrados, muito igualados. Penso que será muito complicado estar entre as três primeiras, mas temos condições de passar da primeira fase entre as três melhores, e penso que serão pequenos detalhes que farão as equipes passarem para a fase seguinte. As três equipes que passem irão perder algum jogo, pois acredito que nenhuma equipe deste grupo vença todos os jogos. Também estamos aguardando a próxima semana pois nossas jogadoras terão jogos nos campeonatos nacionais e europeu, para que não tenham nenhuma lesão ou contratempo e cheguemos bem para o mundial”.

A Confederação Brasileira de Handebol é parceira do Comitê Olímpico do Brasil e da Kempa Brasil.

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A