Indoor

Brasil perde para a Coreia no Mundial de Handebol

Publicado em: 03/12/2019 05:15

Por: Imprensa

 

A Seleção Brasileira perdeu a Coreia por 33 a 27 na madrugada desta terça-feira (3/dez) no Ginásio Geral da Cidade de Yamaga pelo Campeonato Mundial de Handebol Feminino de Kumamoto, no Japão. Foi a terceira partida do Brasil na competição em que já tinha um empate (França) e uma derrota (Alemanha), e está em quinto lugar no grupo B, com 1 ponto. O torneio vai até o dia 15 de dezembro.

“Nós fizemos um bom jogo, mas para jogar com a Coreia é preciso fazer um jogo completo porque é uma equipe que mantém a intensidade durante os 60 minutos em altíssimo nível. A conclusão tem que ser positiva, porque a Seleção mostrou alto nível, mas precisamos melhorar em alguns detalhes de exclusão por dois minutos e finalização”, avaliou o técnico do Brasil Jorge Dueñas.

O destaque brasileiro foi a homenagem, ao fim do jogo, para a armadora Duda Amorim, que completou 200 jogos com a camisa da Seleção. Ela foi a artilheira do Brasil com 9 gols (9/16). A atleta do Gyori ETO, da Hungria, fez parte da equipe que foi campeã na Sérvia em 2013 e eleita a melhor jogadora do mundo em 2014.

1º tempo
O Brasil começou bem a partida, com boa eficiência no ataque e abriu três bolas (7x3), obrigando o técnico coreano a pedir tempo já aos 7 minutos. Mas a Coreia subiu muito a defesa, marcando da linha de 9 metros, dificultou as ações brasileiras, e chegou ao empate (9x9) aos 15 minutos. A Seleção tomou a virada e foi a hora do técnico Jorge Dueñas pedir tempo. Mesmo assim, o Brasil não conseguiu retomar à frente no placar e acabou por terminar atrás a etapa (14x16).

2º tempo
A Seleção voltou buscando corrigir as falhas do primeiro tempo, mas a Coreia mostrou porque venceu a atual campeã mundial França e empatou com a Dinamarca, duas potências do handebol. Assim, as coreanas se mantiveram à frente no placar, forçando os erros do Brasil. Final de jogo: Brasil 27 x 33 Coreia.

Jorge Dueñas disse que foi um jogo muito difícil contra uma equipe que tem características muito diferentes de outros times. “Começamos com um bom equilíbrio de defesa, ataque e contra-ataque, e isso nos deu uma abertura no placar de quatro gols, mas tivemos uma situação de exclusão por dois minutos e depois a Coreia construiu uma vantagem no placar. No final do primeiro tempo tivemos também a oportunidade de igualar, mas cometemos falhas quando estávamos com uma jogadora a mais. No segundo tempo começamos com alguns erros no ataque diante da pressão da defesa da Coreia, mas depois voltamos para o jogo e baixamos para dois gols. Então cometemos falhas em arremessos e contra-ataques diante da Coreia, que jogou em alto nível”, completou.

Marcaram para o Brasil: Duda Amorim (9 gols); Bruna de Paula (4 gols); Alexandra Nascimento e Adriana Castro (3 gols); Isaura Menin e Mariana Costa (2 gols); Tamires Araújo, Ana Paula Rodrigues, Larissa Araujo e Ana Claudia Bolzan (1 gol).

O próximo compromisso do Brasil será contra a Dinamarca. A partida acontece às 8h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (4/dez).

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A