Indoor

Preocupação e cuidados durante a Quarentena

Publicado em: 02/04/2020 20:00

Por: Patricia.lima

Jorge Dueñas, técnico da Seleção Brasileira Feminina

 

[Da Redação] Com o adiamento de todos os eventos esportivos nacionais e internacionais, os trabalhos de preparação tiveram de ser interrompidos. Para as Seleções Brasileiras, os objetivos eram o Pré-Olímpico Masculino, o qual foi cancelado, e os Jogos Olímpicos de Tóquio que foram adiados para julho de 2021. Contudo, a preocupação e o cuidado durante a quarentena determinada, ultrapassam a barreira do isolamento social.

 

Ambos os técnicos das Seleções Brasileiras moram na Espanha. No momento, um dos países mais afetados pela pandemia de COVID-19. Jorge Dueñas, técnico da Seleção Feminina, deseja sorte e saúde para que todos nós possamos passar por este período dramático em todo o mundo e afirma que é um problema sério, também, para o handebol. Já, para o estreante na Seleção Brasileira Masculina, Daniel Gordo Rios, o importante agora é que todos contribuam para a contenção da propagação do vírus, seguindo as recomendações dos órgãos competentes e que todos nós possamos retornar à normalidade o quanto antes.

 

Sobre os atletas e os trabalhos com a Seleção Masculina, Daniel Gordo entende que os clubes devem planejar um período semelhante à pré-temporada, para que os jogadores se preparem para retornar ao ritmo de competições. Segundo o treinador, além de os atletas estarem seguindo os planos de treino de seus clubes, eles estão sendo assistidos pelo fisioterapeuta Daniel dos Santos, e pelo preparador físico Cláudio Machado, da Seleção Brasileira, para possíveis necessidades extras.

 

Acredito que os jogadores estão fazendo um trabalho em suas casas e estes trabalhos têm de valer para que, no menor tempo possível, possam retornar à competir. A intensidade dos trabalhos no retorno, vai depender de quanto tempo teremos antes da competição oficial. Se o período for curto, nosso treinamento não poderá ser muito intenso. Se o período for longo, assim como temos numa pré-temporada, acredito que o treinamentos serão muito intensos, tentando buscar a melhora física dos jogadores, mas sem esquecer dos aspectos técnicos e táticos”, comenta Daniel Gordo.

 

Com as duas fases de treinamentos da Seleção Feminina suspensas, Jorge Dueñas destaca a necessidade de uma certa cautela na retomada dos treinamentos. Para ele, o período de isolamento e o treinamento individual em casa, pode ser uma importante desvantagem para o ritmo competitivo. Agora, é aguardar o desenrolar dos fatos para decidir quando a Seleção poderá se encontrar novamente.

 

Embora as jogadoras continuem treinando em casa, é difícil saber qual será o nível físico no retorno à quadra. Elas perderão nível técnico-tático e o jogo com a bola. Suponho que precisarão de tempo para ajustar os trabalhos nos clubes, e então, poder ajustá-los com a Seleção. Gostaria de ter alguma atividade nos próximos meses, mas isso dependerá muito da situação da pandemia e das possibilidades de retorno à normalidade”, conclui Dueñas.

 

Por enquanto, os calendários nacional e internacional de handebol, continuam suspensos.

 

 

Escrito por Patricia Lima.

Compartilhe:

Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!


Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A