CBHb

Técnicos Brasileiros em Seminário Internacional de Handebol

Publicado em: 20/04/2020 20:00

Por: Patricia.lima

 

[Da Redação] Na manhã desta segunda-feira, 20, oito técnicos brasileiros nomeados pela Confederação Brasileira, participaram do primeiro dia do Seminário Internacional de Handebol realizado pela Confederação Sul e Centroamericana de Handebol - COSCABAL, em parceria com a Federação Internacional - IHF. Segundo a programação, serão 10 dias de Seminário em duas semanas, com encerramento previsto para sexta-feira, 1º de maio.

 

O objetivo do Seminário é a reunião de treinadores de alto nível técnico e palestrantes, a fim de debater os temas propostos, e fortalecer os conhecimentos dos técnicos das Seleções Nacionais da América através troca de experiências.

 

Alex Aprile, do E.C. Pinheiros; Alexandre Schneider, da A.A.U. Concórdia; Drean Dutra, de Itajaí; Giuliano Ramos, do GHC; Ivan Maziero, técnico da Seleção Brasileira Júnior Masculina; Marcus Oliveira, do Handebol Taubaté; Sérgio Graciano, do Handebol Blumenau e Washington Nunes, ex-técnico da Seleção Brasileira Adulta Masculina, foram os escolhidos da CBHb.

 

São professores e treinadores das Américas. Mais ou menos 350 treinadores reunidos, o que é um número muito significativo. Os professores são os que normalmente ministram cursos pela IHF, mundialmente conhecidos e isso é muito legal. Talvez, a parte de destaque seja que cada país, ao término deste seminário, vai ter de desenvolver um documento estabelecendo como seria o modelo de jogo de seu país. Isso é interessante, porque cabe aos treinadores do Brasil, confeccionarem também”, comenta Washington Nunes.

 

Os temas abordados no Seminário incluem elementos básicos e tendências atuais que permeiam o handebol, os quais podem ser adaptados a um modelo específico de jogo para cada país participante. Tais quais: preparação física e psicológica específica para Handebol; tática defensiva de acordo com o oponente; treinamento de goleiros integrado à dinâmica da equipe e uso do pivô no handebol moderno.

 

Em primeiro lugar, agradeço a Confederação Brasileira e a Federação Catarinense de Handebol por ter nos oportunizado participar deste Seminário. Acho que é de suma importância justamente porque capacita profissionais a tomar conhecimento daquilo que é o handebol mais evoluído do mundo, que é o handebol europeu. Podermos estar mais próximo daquilo é importante para nosso crescimento, para o crescimento do clube, e do handebol brasileiro. Tenho certeza que vai fazer com que melhoremos cada vez mais em todos os aspectos da nossa modalidade”, destaca Alexandre Schneider.

 

O corpo de palestrantes do Seminário, conta com alguns membros da Comissão de Técnica e Método - CCM, da Federação Internacional de Handebol. Inclusive, com a participação do espanhol técnico da Seleção Brasileira Adulta Feminina, Jorge Dueñas. Junto a ele estão também Frantisek Taborsky, Membro do Conselho da IHF; Mats Olsson, Analista da CCM-IHF; Rafael Guijosa, CCM-IHF; Julio Sainz, CCM-IHF e Diego Soto, IHF.

 

O primeiro dia do Seminário teve muitas informações importantes. Os temas foram preparação física e psicológica no alto rendimento e análise de vídeo e estatística. Agradeço a Federação de Handebol do Piauí e a Confederação Brasileira por ter me indicado para este curso internacional. Vou aproveitar o máximo possível para poder repassar esses conhecimentos para todos os técnicos e professores que trabalham com handebol”, conta Giuliano Ramos.



 

Patricia Lima.

Assessoria de Comunicação

Compartilhe:

Publicado pela Plataforma SGE da Bigmidia - Gestão Esportiva com Tecnologia

A Plataforma SGE é um Sistema de Gestão Esportiva desenvolvido para Confederações e Federações Esportivas. Saiba tudo sobre o funcionamento de um sistema de gestão esportiva e conheça melhor o SGE!


Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A