CBHb

Novas dinâmicas para as Comissões Técnicas da Base do Brasil

Publicado em: 27/06/2020 20:40

Por: Patricia.lima

Foto: Seleção Brasileira Juvenil Feminina/ Pan-Americano 2012

 

[Da Redação] Na tarde desta sexta-feira, 26, as Comissões Técnicas das Seleções Brasileiras Femininas de Base se reuniram para atualizar o planejamento. Desde a determinação do distanciamento social há quase três meses, as Comissões adotaram novas dinâmicas a fim de continuarem os trabalhos com as atletas durante este período de pandemia e adiamento dos calendários nacionais e internacionais.

 

Mantendo frequentes reuniões, os membros das Comissões em conjunto com a Equipe Técnica da Confederação Brasileira de Handebol implementaram um monitoramento virtual para diversas atletas das categorias que possivelmente vão formar o grupo de trabalho. O objetivo da equipe de monitoramento é dar assistência às atletas que não estão sendo assistidas pelos seus clubes com a finalidade de minimizar os prejuízos no retorno das atividades. 

 

Acho o monitoramento muito eficiente já que temos que cuidar da saúde mental e física de nossas atletas. Ver como elas estão. Contamos também com o acompanhamento da comissão técnica e em especial, com o trabalho de nosso fisioterapeuta para poder detectar alguma lesão. Vai ser um pouco complicado o trabalho técnico-tático, pois temos que pensar quando elas vão voltar treinar. Tem que ser um trabalho muito progressivo que requer muita paciência”, comenta Daniel Suarez.

 

No último dia 16 de junho, a Confederação Brasileira de Handebol divulgou as Portarias com as convocações das Comissões Técnicas das Seleções Brasileiras Júnior e Juvenil Femininas. A categoria Júnior está sobre o comando do técnico cubano Daniel Suarez, de Maurício Antonucci como auxiliar, Camila Dionizio assumiu o cargo de preparadora de goleiras e Rosivaldo Ferreira, o de fisioterapeuta.

 

Estamos realizando neste primeiro momento, contato com os técnicos das atletas e tentando acompanhar e ter informações sobre como está a rotina de treinamento delas. E de alguma forma, manter as jogadoras em estado de prontidão para quando tivermos uma posição mais clara com relação ao nosso retorno, elas não serem surpreendidas. Estamos fazendo este acompanhamento com um grupo maior do que o habitual porque sabemos que nesta situação atípica da pandemia podemos sofrer algumas baixas”, esclarece Cristiano Rocha.

 

Na Comissão da Seleção Juvenil, Cristiano Rocha assumiu o cargo de técnico e Ruy Sanches o de auxiliar, Margarida Conte nomeada preparadora de goleiras e Mariana Vido, a fisioterapeuta. Completando as equipes, Cláudia Mota assumiu o cargo de supervisora de ambas as categorias.

 

A Confederação Brasileira de Handebol, bem como a Federação Internacional de Handebol, divulgou uma proposta para o calendário nacional de competições em 2020. Porém, toda a programação está sujeita a alterações em decorrência das decisões dos Órgãos Responsáveis de Saúde.



 

Patricia Lima.

Assessoria de Comunicação

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A