Indoor

Presidente da CBHb em busca de parcerias

Publicado em: 25/01/2019 00:00

Por: BigMidia

 

Com agenda intensa, o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Ricardo Souza, encerrou a semana de muitas reuniões importantes para o desenvolvimento da gestão da entidade ao longo de 2019.

Logo no início da semana, na segunda, dia 21, ele se reuniu com o atleta Arthur Peão, integrante do Movimento Atletas pelo Handebol, e os advogados João Gabriel Rodrigues e Mariana Meditsch, ambos do escritório Machado Meyer. O encontro serviu para discutir adequações no Estatuto vigente da CBHb, estrutura administrativa e práticas de governança, como conselhos, diretorias e presidência estiveram entre as propostas. As ideias serão analisadas pela assessoria jurídica da CBHb e apresentadas aos membros. No mesmo dia, à tarde, Ricardinho se encontrou com a presidente da Associação Brasileira de Handebol em Cadeiras de Rodas - ABRHACAR, Gévelyn Almeida, com a finalidade de estreitar relações entre os dois segmentos da mesma modalidade. A presidente propôs o alinhamento dos calendários de competições, parceria para proporcionar maior visibilidade para o handebol em cadeiras de rodas e, consequentemente, o envolvimento de patrocinadores para o engajamento competitivo, infraestrutura e material, além da implantação de uma qualificação profissional de comissão técnica e envolvidos. A ABRHACAR foi fundada em junho de 2009 e tem sua sede na cidade de Toledo, no Paraná.

No dia seguinte, dia 22, pela manhã, o assessor jurídico da CBHb, Dr. Wilson Marqueti, recebeu o presidente da entidade a fim de arranjos previamente discutidos e apresentação do relatório da assessoria. À tarde, as reuniões foram no Comitê Paralímpico Brasileiro - CPB, com o superintendente do Centro de Treinamento, Nelson Hervey Costa, e com o supervisor do Departamento de Aquisições e Contratos, Carlos Roque. Em pauta o apoio e cooperação técnica-administrativa esportiva. Durante o encontro, a potencialidade do complexo foi salientada, sendo um legado olímpico de 2016 e, segundo o próprio CPB, envolve 15 modalidades paralímpicas. O centro de treinamento é referência no desenvolvimento técnico e de pesquisa na ciência do esporte no Brasil e América Latina, figurando entre os melhores do mundo.

Na quarta-feira, 23, a manhã o compromisso foi com César Ferreira e Taynara Ferreira, CEO e diretora de marketing da Kempa Brasil. Segundo Ferreira, esse novo ciclo de apoio e parceria com a Confederação Brasileira de Handebol e a presença da marca no Brasil são motivos de satisfação, congratulando a Seleção Brasileira masculina pela campanha no Mundial na Alemanha. “Nós inauguramos aqui um novo marco. É olhar pra frente e incentivar cada vez mais a prática do handebol no Brasil e fazer o handebol maior ainda do que ele é. Para nós é um privilégio estarmos juntos com a CBHb neste novo projeto de handebol brasileiro”, afirma o CEO da Kempa Brasil. Na reunião, o fomento da modalidade no Brasil foi o pano de fundo, sendo avaliado também o balanço extremamente positivo do primeiro trimestre da parceria entre Kempa Brasil e CBHb. Além disso, foi discutido o apoio às federações de handebol estaduais e negociações da certificação da bola Kempa no handebol nacional.

Pela tarde, o presidente da Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo - FECOMERCIÁRIO e deputado federal, Luiz Carlos Motta, se mostrou animado pela proximidade com a CBHb, analisando a possibilidade de apoio aos projetos sociais, como o Mini-Hand e à estruturação do Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol Brasileiro, além de atenção à criação do Memorial do Handebol na nova sede.

Encerrando a agenda da semana, na quinta-feira, 24, a reunião foi na Secretaria de Esportes de São Bernardo do Campo, com o secretário Alex Mognon e o diretor de esportes Maurício Cardozo. Na ocasião, foram discutidas questões pertinentes ao Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol Brasileiro e diversas parcerias entre a Secretaria de Esporte de São Bernardo/Prefeitura de São Bernardo e a Confederação Brasileira de Handebol. O dia terminou com um almoço com o gerente do Centro de Treinamento, José Salmaso, e a visita à nova sede da CBHb.

Para o presidente, o ano começou com dias intensos de trabalho, porém muito proveitosos para o futuro da entidade. Ricardinho vê com otimismo as possibilidades surgidas nas reuniões no Rio de Janeiro e São Paulo. O próximo passo é a estruturação da sede em São Bernardo do Campo - SP para que se possa colocar em prática os projetos e a nova administração tome posse no Centro do Handebol, dando continuidade aos trabalhos já iniciados no início deste ano promissor para o handebol brasileiro.


Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A